Angola e os suspeitos do costume!

Maio 11, 2008 at 9:39 am 9 comentários

O Bob Geldof fez uma intervenção cheia de parangonas jornalísticas, figuras de estilo e encheu páginas de inteiras de jornais e blogues….tudo por uma boa causa, ao que parece!…mas o que parece nem sempre é! Como ex-imigrante em Angola tenho o dever de escrever aqui uma linhas sobre o assunto.

Angola saiu agora de uma guerra civil, eu lembro-me de chegar a luanda pouco mais de um ano depois da morte do Savimbi e o cenário era hediondo, montanhas de lixo nas ruas a arder, ruas esburacadas, prédios no centro da cidade a cair de podres, uma desorganização tremenda das actividades económicas, nenhumas vias de ligação entre províncias, aeroportos pouco funcionais e nenhuma estratégia para este estado de coisas.

Lembro-me também de ver as coisas começarem a ser postas em ordem, hoje existe sistema de recolha de residos, sistema de transportes, a actividade privada pode singrar apesar do ainda difícil relacionamento com a a burocracia e com a corrupção de estado, sobretudo ao nível dos fiscais e chefes de departamento. O parque automóvel passou a ser sobretudo de carros de turismo porque as estradas estão boas, a economia bancarizou completamente e existe acesso generalizado ao crédito, da habitação ao automóvel, do empreendedorismo ao consumo. Existe acesso à saude, à educação e à justiça e para quem à meia dúzia de anos só o tinha em kimbundeiros, instituições religiosas e no meio da populaça com pneus incendiados a petróleo isto é muita coisa….muita coisa mesmo.

Uma das coisas que mais me impressionou e mais mais esperança me dá no povo Angolano e no seu projecto é o crescimento que teve a organização de estado no interior do país, eu sou testemunha!…e não posso deixar de dizer verdade por que eu vi nascerem em inumeras provincias, em estradas de terra batida que iam dar a lado nenhum, no meio de arvores e duas ou três casas de madeira lá estavam construidas as infraestruturas fundamentais de proximidade do estado de direito, uma escola, uma esquadra, uma edificação de administração pública e um posto médico….sempre estes quatro edificios nas grandes vilas como nas pequenas aldeias e até nos sitíos reconditos e inacessiveis para servir sanzalas dispersas em que os meninos meio nús e de aspecto tribal vinham com uma bata branca de estado e uma cadeira de plástico para frequentar as aulas que os criminosos do senhor Geldof promovem gratuitamente.

Isto não é tudo a administração municipal está a ser entregue cada vez mais a jovens como é o exemplo do Amaro, administrador do lobito ou o Virgílio, brilhante administrador da cidade do Lubango, ou o Aristides do Cunene e tantos outros na casa dos trinta cheios de ideias e de esperança a concretizar a reconstrução do seu país.

Angola não está nas mãos de criminosos, está nas mãos de meia dúzia de esclarecidos, gente brilhante como a familia dos Santos, dos Van Dunnem e de gente como Aguinaldo Jaime que é um dirigente de nível mundial, é assombrosamente brilhante e tomara que leve o seu projecto adiante. Estes esclarecidos conhecem o valor da história e na história quem faz a guerra tem direito ao saque!

…sempre foi não tem volta a dar-lhe, ainda assim esses Generais, esses criminosos estão a ser controlados da forma mais inteligente possível, começam hoje a ter negócios relacionados com uma economia fulgurante que lhes dão milhões de dólares de rendimento ano, coisas relacionadas com a industria, agricultura, construção civil e comércio…estes senhores começam a lucrar mais coma a paz que com a guerra e podem ter os filhos e netos ao pé de si!….esta foi a forma de se fazer o saque em Angola, através de negócios rentáveis em paz, contribuindo para construção de uma economia de mercado e foi bem sucedidod, não se acredita já que aqueles barões façam golpes palacianos para tomar o poder á força de armas….isso far-lhes-ia perder uma imensidão de vantagens que a paz lhes trouxe.

Isabel, Linda de morrer e brilhante

Isabel..linda de morrer e brilhante

Esta estratégia, brilhante a todos os títulos mata dois coelhos de uma só cajadada pois fortalece o tecido empresarial Angolano preservando nas suas mãos todas as principais actividades económicas! Gente como a Isabel dos santos, que eu vi a trabalhar, são empresários muito fortes, sabem o querem e sabem fazê-lo nas mais diversas áreas de actividade….eu lembro-me que quando assinamos a entrada na união europeia existiu uma febre de privatizações e de licenciamentos de actividades…o objectivo era fortalecer o empresário português e da mesma forma que quando a Vodafone pode entrar no mercado já tinha a TMN dominadora e assim continua até hoje, assim acontecerá coma Vodacom quando chegar a Luanda e se deparar com UNITEL, ora isto é o que deve ser feito e com as pessoas possíveis, existissem mais Angolanos preparados e mais estariam neste barco onde existe tudo menos remadores suficientes!

….isto não é uma eligia ao poder em Angola, é um contra ponto ao disparate que aquele senhor disse!…esta discussão deve fazer-se a outros niveis que não os das parangonas jornalísticas, este não é um assunto de pasquim para se falar nas esquinas, é um assunto sério com gente a séria a tratá-lo!

Faltará um post a falar sobre as relações de Portugal com Angola.

Entry filed under: Desabafos, estórias d`Angola, eu...e os dois leitores do blog!!, Jornadas e descaminhos. Tags: , .

A ponta do iceberg. Fim de ciclo no universo de Wong Kar Wai!

9 comentários Add your own

  • 1. marta  |  Maio 16, 2008 às 10:15 am

    “gente brilhante como a família dos Santos” “promovem aulas gratuitamente”?!?!!? a minha alma até fica parva com tamanha generosidade para com o povo!
    se “….isto não é uma eligia ao poder em Angola” não sei o que será…
    veja:

    Responder
  • 2. pedromoraiscardoso  |  Maio 16, 2008 às 12:26 pm

    …o óbvio é sempre fácil de ver, não se esqueça do seguinte, estes miúdos pertencem a uma população de 4 milhões em Luanda, cerca de metade da população do país, vinda a fugir da guerra, não têm preparação, muitos não falam senão umbundo e esta é única maneira que conhecem de viver, tente como muitos tentaram fazer alguma coisa, vai demorar muitas dezenas de anos, pelo menos uma geração!
    …quando aqueles prédios velhos forem demolidos para se reconstruir, lá estará o americano a falar não de como se lá vivia mas de quem ganhou uma “gasosa” ou do preço a que estão ser vendidas as casas!….recordo-lhe que o documentário se reporta a dois anos depois do fim da guerra civil de 30 e da colonização de 500….o que quero dizer-lhe é o seguinte numa coisa eu concordo com os Angolanos, paternalismos de hicocrisia das civilizações ocidentais são desnecessários e Angola no contexto Africano é certamente o exemplo a seguir e não o contrário!

    Responder
  • 3. pedromoraiscardoso  |  Maio 16, 2008 às 12:28 pm

    …só uma nota!….sabe o que é feito do MC Kapa?…o raper, eu sei…graças ao estado de coisas está muito bem na vida, fechou bons contractos com editoras e pode fazer aquilo que gosta!…cantar.

    Responder
  • 4. ferreira  |  Dezembro 24, 2008 às 8:05 pm

    ANGOLA SEGUIRA EM FRENTE NA PAZ NO PROGRESSO PARA BEM DO SEU POVO QUE TANTO TEM SOFRIDO.COM O TEMPO A DEMOCRACIA SERA MELHORADA PORQUE A CULTURA DEMOCRATICA LEVA MUITO TEMPO A APRENDER SEJAM QUAIS FOREM OS POVOS EM TODO O MUNDO .NOITE DE DE NATAL 24 -12-2208
    DEUS ABENÇOE AFRICA

    UM IRMAO PORTUGUES DO CORAÇAO

    TXIBUNGO

    Responder
  • 5. pedromoraiscardoso  |  Dezembro 29, 2008 às 3:07 pm

    Caro Ferreira;

    Obrigado pelo tempo dedicado numa quadra tão especial, de facto a democracia e as suas práticas demoram algum tempo a aprender e sobretudo muito esforço e vigilância para não se perder!

    Um grande abraço e que 2009 seja um ano de muita PAZ em Angola e com ela que venha a prosperidade prometida!

    …angola no Coração, irmão!

    Pedro

    Uabeta o ‘mbua ia kamba, kamba ua mu beta.

    Responder
  • 6. Armindo Sá Silva  |  Janeiro 13, 2010 às 1:49 am

    Pedro gostei de ler o que escreveu. Disse em poucas palavras aquilo que levaria horas a dizer. Excelente!
    Angola segue no bom caminho e será seguramente um país a ter em conta em África e no Mundo e não penas mais um pais africano.
    Estive em Angla de férias em 2007 e regressei agora em 2009 e fiquei abismado com a evolução que os meus olhos observaram.
    O país está muito mais organizado, sente-se nas pessoas uma enorme vontade de seguir o caminho da paz, enveredar pelas actividades económicas, estudar e lutar por um lugar ao sol.
    Muito do que se diz e fala cá fora não corresponde à verdade porque Angola é vítima de muitos interesses escamoteados cujo objectivo principal é dividir para reinar, dividir para roubarem aquilo que por direito pertence aos angolanos.
    Ainda há muito para fazer verdade se diga, mas estamos no bom caminho e lá chegaremos.
    O orgulho de ser angollano é cada vez maior!
    Mais uma vez parabéns!

    Responder
  • 8. pedromoraiscardoso  |  Janeiro 16, 2010 às 8:23 pm

    obrigado pelas amaveis palavras armindo!…grande abraço e volte sempre

    Responder
  • 9. alfredo  |  Fevereiro 6, 2012 às 8:15 pm

    es simplesmente um louco, bajulador de meia tigela… insensivel perante o sofrimento de crianças angolanas inocentes, que pagam a factura dos erros que nunca cometeram… actualiza-te mais sobre a limiar da pobreza em angola, depois faz comentários fundamentados com a verdadeira situação do pais…

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Categorias

Blog Stats

  • 62,514 hits

%d bloggers like this: