Se não me trai a memória! – o cinelagoa

Outubro 23, 2007 at 6:15 pm Deixe um comentário

 

 

Há muito tempo que não me sentia “virgem” a ver cinema e isso aconteceu-me no doclisboa. Fui a duas sessões consecutivas aqui ao lado no cinema Londres, logo no dia de abertura e fiquei com a sensação de que tinha descoberto uma coisa nova!

 

Ora bem….eu vejo cinema desde que lembro de mim, cinema não….vejo filmes!…e vejo-os onde quer que eles estejam a dar, sejam sobre aquilo que forem, com quem quer que esteja a representar e nunca lembro de ter saido de um filme a meio ou sequer de não ter gostado de algum que tenha visto!

 

lee-01.jpg

 

As mais antigas recordações que tenho do cinema são simplesmente incríveis…..tipo “cinema paraíso”, quando éramos putos, eu e o meu irmão, costumávamos ir nas férias grandes para um de dois sítios….ou Queluz para casa da minha avó ou para a Lagoa de Albufeira onde a Nela e o Zé, uns amigos dos meus pais, tinham uma casa e um parque de campismo. Ora, na Lagoa havia um barracão de chapa ondulada com uma bancada desconchavada, aquilo tinha sido laboriosamente construido por um tipo que tinha trabalho na construção da ponte sobre Tejo e que tinha um filho que era o gajo mais parecido com o Paulo Futre que eu vi até hoje….era o nosso modelo de comportamento, o engatatão que tinha tiradas do género “…então jóia?….já não falas ao ourives!”….é verdade!!….juro!!….era isto o nosso aspiracional, mas nem tudo se perde e aquela construção precária de andaimes com tábuas de madeira para um gajo se sentar foi um verdadeiro filão de boas recordações em germinação!….claro que aquilo era tudo amador mas cobrava-se bilhete, os putos não pagavam e eu estava lá sempre batido, quando não havia lugar sentado íamos para debaixo das bancadas ou ficávamos à frente sentados no chão, comíamos pipocas salgadas e algodão doce.

 

bruce2web.jpg

 

Aquilo é que era cinema!….foi ali que eu vi todos os filmes do Bruce Lee….o dragão ataca, o fist-of-fury, o regresso do dragão…enfim!….ainda hoje me lembro de sequências completas como aquela que o gajo entra na escola e kung fu rival e deitado no chão a rodopiar tipo “break dance” desnca uma trupe numerosíssima de vilões….é por causa desta cena que sempre gostei do “desperado” e daquele exagero, aquelas matanças, aqueles intermináveis e impensáveis tiroteios de onde o “banderas” sai sempre ileso e bem penteado!

 

chuck_norris.jpg

Mas não era só bruce Lee….foi por exemplo ali que vi os “deuses devem estar loucos” uma clássico!!….vi também os filmes do meu primeiro ídolo a sério…..claro…..o inominável, inesquecível…..Chuck Norris!….o lobo solitário, olho por olho, desaparecido em combate um sem fim de fitas que ficam nos anais da história do cinema…foi naquela altura que entrei para o judo a pensar que todas as artes marciais usavam pontapés rotativos, foi também nessa altura que pedi á minha mãe umas calças de ganga pretas…..elásticas!!

 

Anúncios

Entry filed under: arte, art_attack, escrever por escrever, eu...e os dois leitores do blog!!, posts da tuga.

Prodigalidade Tuga – 1 DocLisboa – Vento Norte

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Categorias

Blog Stats

  • 64,382 hits

%d bloggers like this: