o meu problema com a autoridade!

Setembro 9, 2006 at 11:58 am Deixe um comentário

…..este meu problema com a autoridade é coisa antiga, andava eu ainda na escola primária e já a Dona Paula que era a directora daquela prisão dizia….” o menino, o menino tem um problema com a autoridade!”

…naquela altura eu não percebia a questão e achava que o meu problema era querer brincar e não me deixarem, era saber que aqueles dedos bojudos doiam quando acertavam, era saber que algures na secretária da professora existia uma mitica régua chamada cinco olhos e que não servia para tirar medidas mas para tomar medidas!

Foi já recentemente que percebi o que queria dizer aquela sábia senhora, que o meu problema não era exactamente com a autoridade até porque a autoridade quando exercida por mim não me causa transtorno algum!

Por exemplo a autoridade que o meu avô ou a minha mãe tem sobre mim até é simpática, porque não é obrigatória….é assim uma espécie de respeito o dizer que sim porque eles têm autoridade….enfim também não me causa calafrios.

O problema é outro é o problema que a ” autoridade” tem comigo e não eu com ela!

Ora bem autoridade….

s. f.,

poder de mandar;

domínio;

poder;

pessoa que exerce o poder;

mando;

poder público;

pessoa ou texto que se invoca em favor de qualquer opinião.

 …….que é autoridade é uma pessoa que exerce o poder, o poder publico e no meu caso em particular a policia, bófia…os monos! ….em particular os de transito!

…o meu problema não é tanto o que eles me fazem, porque geralmente até me safo com alguma elegância e sorte das coisas, o meu problema é que eles mandam-me sempre, mas sempre parar…..se existir um policia numa operação auto-stop e eu fôr a passar o gajo não vai estar virado de costas, não vai estar distraido com outro carro que mandou encostar…..ele vai estar a olhar para mim e vai esticar o braço de certeza…….aquilo é matemático!!

 …então acabo sempre por contar estórias minhas e ouvir algumas outras de pessoal que tem o mesmo problema com a autoridade que eu!

A primeira grande estória que ouvi com policias foi a do Barreto de São João do Estoril, o Barreto é um dos meninos da linha mais castiços que eu conheço e tinha o hábito de ir para lisboa com o carro atestado de gajos e a cabeça atestada de whiskey para ir curtir a noite no alcantara, no tempo em que lisboa começou a ter noite a sério.

Ora lá vai o barreto descansado da vida com a malta e lá curte a sua noite e quando volta a cair de bêbado ao volante…..eis que é mandado parar pela BT na curva dos 3 pinheiros

….. o bófia aprossima-se da viatura e o barreto abre a janela a rir de perdido e de tão bezano que estava

…..o bófia…” boa noite eu sou a autoridade!”

….o barreto…” eheheh…..quem mandou não estudar!”

Aqulo foi um fartote de três em pipa! vai de esquadra e de algemas e o diabo a quatro….a única coisa que o salvou foi o tio, o Alvaro Barreto, que na altura era deputado do PS e conhecidissimo porque fazia uns debates na televisão.

Depois existe a estória de um amigo do meu tio Daniel…..ah essa bela estória do 2001 no estoril!….quando o meu tio me contou eu nem queria acreditar, mas é veridica.

…então este simpático cidadão, na altura em que definiram pela primeira vez no código de estrada que existia um limite para o alcool no sangue e que apartir dali era considerado criminoso todo o gajo ou gaja que o passasse, este cidadão dizia eu vai para o 2001 e desata a chupar gin tónico atrás de gin tónico desalmadamente!….pelas 4h da matina quando o dois fecha o cidadão enfia-se no carro e vai dembute para casa a conduzir.

…aquilo era de tal forma que ia de lado ao outro da estrada a tentar não acertar nos passeios!….e nestes preparos, claro está…..a bófia a fazer uma operação auto-stop!….o policia manda parar o carro e sabe deus o que o cidadão não teve de fazer para controlar a viatura e acertar no lado correcto da estrada onde eles faziam a operação….mas acertou, acertou na lado da estrada, acertou no policia e acertou no carro do policia!…é hilariante.

…mas não é só.

….quando o policia desatinado corre em direcção á porta já com o boné a sair-lhe e aquelas bem tipicas faces rosadinhas que os policias têm quando se enervam, chega á porta e de rajada abre aquilo a dizer todos os impropérios que lhe ocurriam…….o cidadão pura e simplesmente.

….imagine-se!!!

……cai para o chão a vomitar as entranhas como se tivesse possuido por uma alma doutro mundo……como se não bastasse acaba de vomitar tudo o que tinha e desmaia ali mesmo aos pés do bófia, que nem sabia o que havia de fazer a um quadro tão deprimente!

Acabou que o cidadão acordou no hospital de cascais a soro, cheio de fios e tubos por todo o lado com uma ressaca descomunal e sem se lembrar de nada…..absolutamente nada!….quem lhe contou a estória foi o próprio policia que lhe levou o carro e acabou por nem sequer lhe passar uma multa!

….existe uma estória absolutamente fantástica comigo e com os policias de transito….mas como isto já vai comprido eu conto depois.

Anúncios

Entry filed under: Desabafos, escrever por escrever, posts da tuga.

….não me tenho esquecido ….cabo le(r)do!…groove party

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Categorias

Blog Stats

  • 64,771 hits

%d bloggers like this: