Prodigalidade Angolana II

Abril 22, 2006 at 9:06 pm Deixe um comentário

No último post puz o título seguido de I ( um) porque estas estórias sucedem-se e de certeza que não iria ficar por apenas aquela.

Esta que me apetece contar agora já tem algum tempo, é do ano passado, no entanto é uma preciosidade que merece registo.

O Tiago ” ….meu_irmão_de_luanda” custuma ter paciencia para estas questões, as tais minudências da vida coatidiana em luanda….e até costuma ser previdente tentando evitar ser panhado na rede de complicações que os assuntos simples assumem….ainda assim ninguém está livre!!

Pensa quem lê o ultimo post que com naturalidade os serviços publicos falham, herança portuguesa por corrigir agravada de trinta anos a andar para trás…..nada de especial, nada que alguns anos de paz e progresso não venham solucionar, é legitimo pensar assim e é até provavel que a tendência seja melhorar….até porque o bom de bater no fundo é que pior não pode ficar.

Pensa quem lê o último post que provavelmente uma das soluções é privatizar, o sector público é sempre pior que o privado….mentalidade tuga!!…ora bem vamos lá a ver esta estória dos serviços privados aqui e ali!

O tiago mora numa casa das Ingombotas, um bom bairro que no entanto tem problemas de fornecimento de agua e luz….este problema é recorrente….mas essa estória é para outro dia, hoje a questão tem que ver com canalização, fossas e etc.

No fim do cacimbo do ano passado, lá para setembro, a casa de banho do tiago começou a dar problemas….sempre que se tomava banho saia do ralo central a espuma dos detergentes de nome pomposo que usamos para nos acharmos mais bonitos, ora, isso não é de certeza bom sinal e por isso o tiago preocupou por sobre a questão. Aquilo foi piorando e percebeu-se que não se resolveria por si próprio quando a pia começou a ter um comportamento atipico, fazia barulhos estranhissimos e de vez em quando vazava a agua toda para depois recuperá-la em segundos…..começou o stress!!

“…bom, o melhor é vermos se resolvemos isto, a tendência é piorar!!” …. e foi mesmo.

Como o tiago já sabe o que a casa gasta, mesmo sem precisar de ler os meus posts ou ouvir estórias alheias, resolveu ” …cortar o mal pela raiz!!!”. Chamou o Joaquim.

Ora, o Joaquim é um funcionário do Dr. Vitorino que por vez é dono da tecnoserve. A tecnoserve é nossa fornecedora de serralharia e também uma empresa reputada na construção civil e portanto vamos lá embora tratar com especialistas que isto é melhor pagar duzentos paus a quem sabe do que esperar eternamente que alguém de mote próprio faça o que lhe compete.

É uma teoria….não sobrevive ao metodo cientifico conhecido por experimentação, pelos menos aqui não sobrevive!

O bom do Joaquim prontificou-se a resolver o problema, mandou um dos seus melhores homens a uma quinta feira á tarde para identicar o problema. Depois de analizar cuidadosamente o comportamento dos dispositivos de higiene presentes no terreno verificou o seguinte.

“….banheira funcional……lavatório funcional……pia funcional…..comportamento esquisito do ralo central quando utilizados os seguinte items…..pia e banheira…..ocasionalmente mau funcionamento da pia com espasmos de água descendente e ascendente…..nenhum padrão estabelecido neste problema.”

Resolução….” tirar a pia para ver o que dá”…..claro está, digo eu, dá asneira!

O tiago resolveu confiar no senhor que marcou a operação de remoção da dita pia para o dia seguinte e como tinhamos umas guerras para essa fatidica manhã eu fui travá-las e o tiago ficou a tomar conta do problema….que veio a verificar-se mais tarde ser o tal senhor e não a dita pia.

O senhor veio armado das mais diversas ferramentas e após ter diligentemente tirado a sanita verificou que o problema continuava…..começou então a pensar que talvez estivesse alguma coisa a impedir a passagem da água nos canos e decidiu com um tiago já em panico….imagine-se…”partir o chão”…..iste é….partir os azulejos, partir o cimento, partir os canos….partir literalmente tudo.

Foi o que fez….partiu à vontade, no fundo é um especialista e portanto o tiago não teve coragem de o parar. Depois de removida a sanita e partido o chão, o aspecto pavoroso daquilo que tinha alcançado não satisfez o senhor!!……por uma razão absolutamente cristalina…..O PROBLEMA INICIAL TEIMAVA EM PERSISTIR!!…..é de gritos não é?!?

Foi ai que o pobre coitado decidiu fazer uma concessão ao seu inimigo que era um cano…..” isto assim não vai lá senhor Tiago!”, e desesperaram mais uns minutos no problema até que o especialista apareceu com a sua solução….” o que era preciso era uma peça que eu aqui não tenho, tem de se comprar no mercado…..aquilo custa 100Usd, se fosse buscá-la agora ainda hoje tinhamos solução!”….aquilo deve ter sido dito com uma confiança brutal porque ” o meu irmão de luanda” acabou que deu ao tal senhor 100 paus…..numa sexta feira…..ás quatro da tarde…..para ir roque santeiro…..e voltar!!!…..é de pasmar, ele próprio ainda hoje pasma.

Pois o tal senhor como tinha de ir e voltar deixou aquilo assim como estava, sem sanita, com um roço aberto da sanita á parede, lixo e detritos por todo o lado e sobretudo o problema sem solução. Lá foi ele e claro está, deve ter tido uma belissima sexta feira á noite que pela cultura local é o dia de os homens sairem á noite descansados e as suas mulheres ficarem em casa a aguardá-los. Cumpriu-se com a tradição, com toda a certeza, de uma forma inesquecivel e o bom do tiago e eu ficamos a cismar no assunto e a pensar que belíssimo fim de semana aquela brincadeira não nos iria porpocionar.

Somos ambos homens práticos e portanto resolvemos atacar a questão…..mas só no dia seguinte…..e se o senhor não aparecesse.

Não apareceu…..desapareceu, outra coisa não seria de esperar. Foi nessa altura que atacamos o problema…..retiramos os detritos, limpamos a area…..salvamos partes do cano e consigos que a sanita fica-se encaixada nessas peças precárias num equilibrio de desconfiar mas pelo menos podiamos tentar fazer as necessidades mais urgentes. Ficou logo ali decidido que não comeriamos comida fora de casa nem beberiamos em lado algum ou sequer iriamos á praia para não apanharmos sol……era o receio de algum de nós apanhar diarreia….ai seria o fim da macacada de certeza absoluta.

Fomos levando as coisas dessa maneira até segunda de manhã, o problema agravava-se porque a Mónica vinha de Portugal nessa semana e se dois homens sobrevivem em condições daquelas uma mulher não…é assim que acabem alguns casamentos e já não bastava o rapaz ter entrado pela madeira com cem paus, ainda corria o risco de entrar pelo cano com a mulher…..foi o deus nos acuda naquela casa logo ás oito da manhã…..o pior veio depois, veio quando o bom do Joaquim ligou ao Tiago para……pasme-se de novo!!….desancá-lo por ter feito com que o tal senhor desaparecesse….é que precisavam do homem e ele não tinha ido trabalhar…quer acreditem quer não o tiago tem paciencia para estas merdas….o rapaz não só não matou ninguém….o que era legítimo e ninguém lhe recriminaria…..como ainda se riu da questão com o dito Joaquim.

Acabou que mandaram outro gajo lá a casa para repor a situação, o roço foi tapado a sanita recolocada e fechou-se o dossier deste problema lá para os escritórios da tecnoserve.

Só se esqueceram de uma coisa….O PROBLEMA INICIAL TEIMAVA EM NÃO SE RESOLVER…nisto como noutras coisas temos de conceder que dos males o menor….lá ficou o problema por resolver mas pelo menos a casa de banho já não parecia o inferno de Dante!

É isto amigos….as estórias da prodigalidade angolana são estas, tanto no sector público quanto no privado….como é que a malta se resolve??…..rezamos para que não se avarie nada…e quando avaria eu pessoalmente telefono ao canha ou ao pai do tiago que sempre vão conhecendo os cantos á casa e que ao longo dos anos foram fazendo a triagem.

….o problema!!!….já me esquecia!!….o tal problema inicial?!?…não tinha nada que ver com a casa de banho do tiago….era preciso vazar a fossa….era isso que era preciso….resolveu-se com mais cem paus e em menos de meia hora.

Entry filed under: estórias d`Angola, Uncategorized. Tags: .

A prodigalidade Angolana I Para atravessar contigo o deserto do mundo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Categorias

Blog Stats

  • 62,851 hits

%d bloggers like this: